Ponha-se na Rua

Cariocas de bens têm desagradável surpresa no alvorecer de 1808. Para abrigar fidalgos e quetais, acompanhantes da Corte Portuguesa em sua fuga para o Brasil, são intimados a desocupar suas casas, as melhores na vizinhança do palácio, deixando nelas porém mobiliário e criadagem para servir os novos donos. Sem aluguel e indenização, que as burras…

Areia e vento

Quando menino, ouvia meus tios, que sabiam das coisas e do mundo, falar de uma igreja na praia que passara muitos anos soterrada pelas dunas. A mesma conversa tinham os comboieiros que levavam para lá a rapadura e voltavam com o camurupim salgado, única forma de conservação. Morando no sertão e conhecendo a serra, não…

Libertas quae sera

Dantas Mota – PRIMEIRA EPÍSTOLA DE JM. JZÉ DA SVA. XER. – O TIRADENTES -AOS LADRÕES RICOS. -Preciso dizer mais nada. O texto completo no livro Elegia do País das Gerais, Poesia Completa de Dantas Mota, editado pela José Olympio Editora, em 1988.